Comprovado: Seis de cada 10 estudantes evoluem no nível de inglês com a Soul Bilíngue

Metodologia exclusiva da ONG é a chave para a melhoria do idioma como segunda língua

Está comprovado. Seis de cada 10 estudantes evoluem no inglês quando, ao deixar o programa, são submetidos ao mesmo teste de nivelamento que fizeram no início da jornada na Soul Bilíngue. Enquanto 68% melhoram dentro do próprio nível, quatro de cada 10 saem do básico para o intermediário ou saltam do médio para o avançado.


O check-in e o check-out ocorrem para a ONG apurar a eficácia e o impacto da sua metodologia exclusiva de ensino do idioma. Funciona assim: obrigatório para o jovem saber em que turma estará durante os cinco meses de estudos na Soul Bilíngue, o exame EF SET 50 avalia, gratuitamente e durante 50 minutos, leitura e compreensão do idioma.


Imersão

Durante as 22 semanas participando do programa, os alunos têm pelo menos nove horas por mês de contato com idioma por meio de aulas regulares, mentorias individuais e entrega de homeworks. Cada jovem tem um mentor proficiente no inglês que o auxilia nos estudos até o final do programa.

Giulia Farias, ex-estudante do Programa Soul Bilíngue

As aulas acontecem aos sábados e os estudantes são separados por níveis. No primeiro semestre do ano, 47% eram da turma iniciante, como Giulia Farias, 21 anos, do Rio de Janeiro. Ela foi uma das que sentiu o resultado na prática.


“Foi a primeira oportunidade de fazer um curso de inglês. Nas mentorias, fui estimulada a conversar muito. Estudando sozinha, eu focava em ler e entender, mas sem pronunciar. Ter a minha mentora ali, para me auxiliar e me incentivar a falar, foi de muita importância para mim”, diz Giulia.


A jovem também conta como se tornou mais segura no decorrer do programa. “Comecei bem insegura, mas no fim do semestre eu já estava mais confiante. Vi meu progresso no inglês e fiquei mais motivada a continuar os estudos”.

Para Bismarck Sena, 19 anos, de Ichu, na Bahia, as aulas na Soul Bilíngue também foram a primeira experiência com um curso de inglês. No programa, saltou do nível C1 avançado para C2 proficiente.


“Foi uma experiência incrível. Minha professora era ótima e aprendi muito durante o tempo que estudei. As mentorias foram essenciais, pratiquei bastante a pronúncia e a escuta. O vínculo com meu mentor ao decorrer do programa foi um grande incentivo”, conta Bismarck.

Gabriel Leitão de Andrade, ex-estudante do Programa Soul Bilíngue

Já para Gabriel Leitão de Andrade, 21 anos, de Boa Viagem, no Ceará, as aulas de inglês fizeram toda diferença. “As aulas foram ótimas, a professora Mariza tinha uma didática maravilhosa e sempre tentava propor dinâmicas em pequenos grupos”, diz Gabriel.


O jovem conta, ainda, que entrou na Soul Bilíngue com propósito de aperfeiçoar o inglês e conseguiu. “Quando você chega no intermediário/avançado do inglês, é muito fácil cair num limbo onde não se aprende muita coisa sozinho e como eu queria muito essa evolução, eu esperava que, na Soul, fosse melhorar o inglês. E deu super certo. Apesar de estar na turma avançada, aprendi muitas coisas novas”, finaliza o jovem.


66 visualizações0 comentário