top of page

CEO da Soul Bilíngue, Ariane Noronha fala hoje na 17ª Conferência da Languages Canada, em Vancouver

Ela defenderá o acesso do brasileiro pobre ao mundo por meio de intercâmbios internacionais; palestra abordará os valores da língua na missão da ONG



Fundadora da Soul Bilíngue faz a primeira palestra internacional para centenas de pessoas e representantes do governo

A CEO e fundadora da Soul Bilíngue, Ariane Noronha, faz hoje sua primeira palestra em solo internacional. Única representante do Brasil na 17ª Conferência Anual Languages Canada, em Vancouver, no Canadá, ela defenderá o acesso do brasileiro de baixa renda ao mundo por meio do intercâmbio internacional. A palestra "Os valores da língua na missão de mudança da Soul Bilíngue" será ministrada diante de representantes do governo canadense, de empresas de intercâmbio e de mais de 200 escolas do país.


A Conferência vai até o dia 2 de março. A fundadora da Soul Bilíngue é uma das principais palestrantes deste segundo dia de evento. Em uma era de tecnologia e novas formas de aprender um idioma, a fala dela tem um caráter estratégico: mostrar para todos que a história dela e de centenas de jovens mudou e está sendo transformada por uma experiência internacional.


"Vou buscar oportunidades para tornar o Brasil bilíngue e defender o acesso internacional e a democratização do inglês para jovens de baixa renda vindos da escola pública. Eu vim da escola pública, sou de baixa renda e o idioma transformou minha vida”, diz.

Ariane nasceu em Guararema, cidade paulista de 31 mil habitantes, e só aprendeu o idioma durante o intercâmbio de babá, nos Estados Unidos. Filha de manicure e auxiliar de almoxarifado, fundou a ONG em 2017, no município de Mogi das Cruzes (SP), ao retornar transformada da experiência no exterior.


Em 2023, a Soul Bilíngue foi eleita a melhor organização social de pequeno porte (orçamento de até R$ 500 mil) e uma das 100 melhores do País pelo Prêmio Melhores ONGs. Por meio da instituição, já visitou nove países.


“Somos a geração da inteligência artificial. Não falar inglês é um problema social que o Brasil precisa resolver. O convite (para a conferência) é um reconhecimento e uma oportunidade de defender que essa é uma missão coletiva e que a Soul Bilíngue pode liderar essa transformação”, afirma.

O Censo Escolar demonstra que mais de 2,2 milhões de pessoas iniciam o ensino médio todos os anos no Brasil. Do total, 87% vão para escolas públicas, ambiente incapaz de reter 35% dos que abandonam os estudos nos meses seguintes, segundo o Todos pela Educação. De acordo com a British Council, somente 1% dos brasileiros é fluente no idioma e apenas cinco em cada dez conseguem se comunicar, minimamente.  


Canadá


Há 22 anos, puxado pela qualidade de vida, o Canadá é o destino preferido dos brasileiros que buscam oportunidades de intercâmbio internacional, conforme a Pesquisa Selo Belta 2023. No entanto, são necessários, em média, 8,3 mil dólares de investimento, valor completamente fora da realidade do jovem de baixa renda no Brasil.


A conferência, organizada pela Languages Canada, grupo com mais de 200 escolas de idiomas associadas, conta com plenárias, palestras e workshops de desenvolvimento profissional sobre liderança acadêmica, inovação em programas, gestão, marketing e recrutamento, experiência e bem-estar do estudante, entre outros temas.

“Minha palestra será sobre transformação, impacto social e discutirá os caminhos para, conjuntamente, tornar o mundo um lugar mais diverso e menos desigual. O convite é uma enorme oportunidade para estas empresas conhecerem o potencial do jovem brasileiro”, afirma Ariane.



Soul Bilíngue

A Soul Bilíngue fica na cidade de Mogi das Cruzes (SP) e atua nos 20 estados do Norte, Nordeste e Sudeste do Brasil com um programa gamificado que ensina inglês a jovens de 18 a 26 anos, exclusivamente vindos da educação pública e com renda per capita de até 2 salários mínimos. 


A tecnologia social desenvolvida pela ONG estimula o aluno a estudar, fornece acolhimento emocional por meio de psicólogos voluntários e o conecta a uma rede de mais de 250 mentores individuais - brasileiros e nativos da língua inglesa - espalhados pelo mundo todo. 


Com aulas semanais separadas, mentorias, acompanhamento psicológico e bolsas de intercâmbio destinadas aos mais comprometidos, a Soul Bilíngue já impactou mais de 3 mil pessoas diretamente. Ao final de 2023, a instituição chegará a 80 intercambistas de baixa renda em países como Austrália, África do Sul, Canadá, Estados Unidos, Inglaterra, Irlanda, Malta e Nova Zelândia.


O programa recebe inscrições duas vezes por ano e tem duração de 22 semanas.


60 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page