VV lança programa de formação para ações humanitárias e premia jovens da Soul Bilíngue

Sete estudantes já selecionados estão recebendo capacitação para liderarem missões sociais no Brasil e no exterior

Equipe da VV em ação realizada na cidade de Piancó, no sertão da Paraíba

A VV, plataforma social focada em voluntariado, ajuda humanitária e educação social, concedeu para jovens da Soul Bilingue sete bolsas de curso de “Coordenação de Resposta Humanitária e Social”. O intuito é formar pessoas para liderar ações no Brasil e no mundo com a VV. Os estudantes, atuais e ex-alunos da Soul Bilíngue, já foram selecionados após processo seletivo ocorrido em abril e iniciaram o curso no último dia 23.


O valor de investimento no total equivaleria a R$7.700,00, mas para os jovens da Soul Bilíngue não houve o custo. Serão 30 horas de capacitação, no total, ao longo de todo o mês de junho. Os conteúdos das aulas trarão cases reais, debates, mesa redonda e desafios práticos que preparam os jovens para lidarem com situações reais.


Parte prática

Paulo Joaquim Balbino, aluno da Soul Bilíngue e bolsista da VV

Como parte da formação, os jovens também terão de ir a campo em missão nacional para viver na prática a experiência de agente humanitário junto com a VV. Para esta modalidade, não é possível cobrir os gastos com transporte até o local, por exemplo, sendo ideal buscarem fundos para a finalização do curso.


O estudante da edição atual do programa, Paulo Joaquim Balbino, de 27 anos, mora no Rio de Janeiro e foi um dos contemplados com a bolsa da VV.


“Não imaginava que um dia poderia ter a oportunidade de adentrar na área de ações humanitárias e perceber que não é somente você se voluntariar a ajudar, a doar algo; é você receber os ensinamentos certos para lidar com pessoas que estão precisando do ato humanitário”.

Diovanna Stelmam, ex-aluna da Soul Bilíngue e bolsista da VV

Por outro lado, para Diovanna Stelmam, 19, de São Paulo, a bolsa da VV veio para somar habilidades. A ex-aluna da Soul Bilíngue realizou trabalhos voluntários por sete anos em uma ONG na zona leste de São Paulo.


“A oportunidade de fazer o curso da VV, reflete todas as formas de como potencializar minhas capacidades tanto técnicas como pessoais, para poder gerar um impacto positivo na comunidade em que estou inserida, através dos ideais que acredito”, explica Diovanna.


Sobre a VV

A VV tem a meta de transformar pessoas para gerar impacto social e mudar o mundo. A iniciativa tem parcerias com alguns dos mais relevantes projetos sociais do mundo para proporcionar a pessoas dos mais variados perfis, experiências humanitárias transformadoras. Além disso, realizam uma série de cursos com o objetivo de formar cidadãos globais, engajados e preparados para transformar realidades através de ações sociais. Mais informações no www.vvolunteer.com.br .

131 visualizações1 comentário