“Vi na Soul a oportunidade de retribuir coisas boas que o mundo já me deu”


Sempre sonhei em conhecer o mundo e nunca imaginei morar fora do Brasil. Mas, como já dizia Joseph Climber, “a vida é uma caixinha de surpresas”. O intercâmbio mudou a minha vida. Em 2017 decidi sair de Cataguases, interior de Minas Gerais, para viver na Irlanda e eu encontrei meu lugar no mundo! Estou aqui desde então com o coração quentinho, já trabalhando na minha área de formação depois de tantos perrengues que certamente me ensinaram muito.


Conheci a Soul Bilíngue em 2020. Sempre fui do trabalho voluntário e já fiz vários ao longo da vida, muitos voltados à área da educação. Um grande amigo meu, o Luiz Eduardo, foi quem me apresentou a Soul e eu tive um “rapport” (criar relação) completo. Sou mentor desde o ano passado e a instituição tem uma vibe muito boa. Adoro poder compartilhar conhecimento e trocar experiências com jovens do nosso Brasil.


A Soul vem para democratizar a vida fora do Brasil e acredito, sim, que o intercâmbio é possível e para todos. Além das aulas de inglês com professores sensacionais, tem um time incrível de psicólogos que acompanha os jovens. Adicionalmente, existem

projetos, em que os alunos se juntam para defender uma ideia, o que potencializa muito todo o programa Soul porque traz ainda mais bagagem de vida para esses alunos.


Em 2020 tive uma mentoranda com um potencial imenso, que se dedicou muito durante toda a sua jornada na Soul Bilíngue. Vi nela a oportunidade de devolver ao mundo o que o mundo já me deu de bom e acabei patrocinando um intercâmbio de quatro semanas na Irlanda para ela. A estudante vem conhecer e estudar por aqui em 2022 e espero que essa oportunidade mude a vida dela, como o intercâmbio mudou a minha. Estou com a Soul e tenho esperanças de que o melhor ainda está por vir.


*Por Matheus Botarro. Tem 38 anos, é mentor de inglês voluntário da Soul Bilíngue desde 2020 e se mudou para a Irlanda em 2017. Por lá, trabalha com analista de qualidade sênior.



147 visualizações0 comentário