top of page

Preparada para o mundo: jovem conta como conseguiu independência financeira após programa da ONG

Inglês desenvolvido na iniciativa social contribuiu para conquistas pessoais e profissionais na vida de Thaina Linares

Quem participa da Soul Bilíngue está frequentando mais que um curso de inglês. Está se preparando para ganhar o mundo, assim como Thaina Linares. Com inglês desenvolvido na ONG, a jovem de 22 anos conseguiu novo emprego e independência financeira.


O caminho dela até conhecer a Soul Bilíngue foi conturbado e cheio de superação. Nascida em Itaquera, bairro da zona leste de São Paulo, aos 16 anos, Thaina saiu de casa e foi morar sozinha apenas com o salário de jovem aprendiz.


“Nesta época, eu sofria muita pressão familiar e, por essa razão, decidi sair de casa. Fui efetivada no trabalho e morei com uns amigos por um tempo”, conta a jovem.


No decorrer dos anos, Thaina ficou desempregada. Com a necessidade de se manter, começou a trabalhar como freelancer em uma casa de shows, à noite. Insatisfeita com sua situação atual, a jovem se inscreveu em um programa social que prepara jovens para o mercado de trabalho.


Na Soul Bilíngue

Porém, para ingressar no mercado de trabalho, ela notou que faltava um fator importante. O inglês. Assim, a história dela encontrou o caminho até a Soul Bilíngue. Sem dinheiro para pagar um curso tradicional, Thaina procurou por programas sociais.


“Quando encontrei a Soul Bilíngue, as inscrições já estavam abertas. Mas eu tinha outro problema, não tinha dinheiro para pagar a taxa de inscrição”, diz Thaina. Com a ajuda dos amigos, ela fez o processo seletivo e conseguiu entrar no programa.


“Lembro de mostrar vídeos e postagens da Soul para meus amigos para convencê-los que o programa realmente era bom. Quando entrei, não acreditei, eu chorei de felicidade”, relembra a jovem.


Contudo, o caminho de Thaina não foi fácil. Enquanto participava da Soul Bilíngue, simultaneamente, ela cursava o programa social de preparação para mercado de trabalho e trabalhava durante a madrugada.


“Foi um momento difícil, mas eu sempre soube que valia a pena. Todas as vezes que pensava em desistir da Soul, mudava de opinião quando via alguma história de alunos se superando e tendo conquistas”, afirma.


Mesmo com uma rotina rígida, a jovem finalizou a Soul Bilíngue em julho deste ano. Na mesma época, outro sonho se realizou, a conquista do emprego. Thaina conta que essa conquista só foi possível devido ao inglês desenvolvido na ONG.

“Inicialmente minha vaga era para atendimento, mas por saber inglês, fui indicada para uma vaga de coordenadora de cuidado. A Soul foi um divisor de águas na minha vida. Além do inglês, aprendi a ter determinação e confiança”.


Hoje, Thaina é uma entusiasta do programa Soul Bilíngue. Após ter a vida impactada pela inciativa social, ela segue divulgando e incentivando mais jovens a serem transformados pelo programa.


“Sou eternamente grata. Esse processo na organização social me ensinou a ser adaptável e segura de mim. Continuarei falando e apoiando Soul Bilíngue sempre”, finaliza a jovem.


148 visualizações0 comentário
bottom of page