Moradora da zona rural vai para a Irlanda realizar sonho do intercâmbio

Atualizado: 22 de abr.

Maria Cibele sairá da zona leste de São Paulo rumo à Dublin nesta sexta-feira (22)


Maria Cibele, embaixadora da Soul Bilíngue

Com destino a Dublin, na Irlanda, Maria Cibele, de 23 anos, vai realizar um grande sonho internacional nesta sexta-feira (22). A jovem, que é ex-aluna Soul Bilíngue, sairá da pacata região de Meu Sossego, na zona rural de Suzano, em São Paulo, para estudar por quatro semanas na Europa. Ela foi destaque na edição do programa da ONG em 2019 e ganhou uma bolsa de intercâmbios em parceria com a Vital Intercâmbios.

Para cursar o programa Soul Bilíngue, Maria Cibele enfrentou alguns desafios, mas que ela considera ter valido a pena. Na época em que Maria era estudante na ONG, o programa ocorria de forma presencial na cidade de Poá, região metropolitana de São Paulo, dentro da sede da Gerando Falcões.

Nesse processo, o apoio familiar foi importante para Maria Cibele conseguir a bolsa. Os pais Salomão Sobral Onofre e Maria Eliane Correia Onofre tem um pequeno comércio em Suzano e, quando possível, buscavam a filha na Soul Bilíngue após o expediente.

“Me mudei para Meu Sossego em 2013, mas o comércio dos meus pais é próximo ao centro. A maior interferência quando ia para a Soul era minha localização, mas trabalho com meus pais, então eu ia do meu emprego para a organização social. Na volta, normalmente, meus pais tinham que ir me buscar ou eu teria de pegar no mínimo dois ônibus para casa” explica Maria Cibele.

DEPOIS DO PROGRAMA SOCIAL

Para Maria Cibele, a Soul Bilíngue mudou as expectativas do futuro. Antes de entrar na organização ela sonhava em cursar Nutrição e ser comissária de bordo, mas após ter contato com os encontros counselors - psicólogos voluntários da ONG -, a vida dela tomou outra direção.


“Quando tive contato com a Soul e com os profissionais de psicologia, percebi que essa era a profissão que deveria fazer, mas ainda sem perder o propósito de me tornar comissária”, conta a jovem embaixadora. Atualmente, ela cursa o terceiro semestre de Psicologia em universidade de Mogi das Cruzes.


Agora se preparando para tornar o sonho realidade, ela conta como a pandemia deixou incertezas, expectativas e ansiedade para realizar o intercâmbio.


“Me programei com mais calma apesar do cenário da pandemia, porém o último mês sempre é uma loucura, são tantas coisas para fazer. Minhas expectativas são altíssimas, por ser um lugar frio, ter muito verde e uma cultura diferente. Estou curiosa e com medos”.


Na programação para a viagem, ela fala de sua expectativa quanto a adaptação e alimentação, por exemplo. Mas Maria Cibele também já planejou sobre quais pontos turísticos visitar.


“Quero explorar as igrejas e museus que encontrar no caminho, os artistas de ruas que vi serem bem presentes, algum Pub, a Catedral de St. Patrick’s, as Falésias de Moher e claro focar muito em melhorar meu inglês, conclui.



104 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo