Jovens desenvolvem comunicação criativa e aprendem a criar estratégias em desafios da ONG

Estudantes também relatam conquistas pessoais após participar de atividades propostas ao longo do programa

Com a campanha “Por um Brasil Bilíngue” no ar, a Soul Bilíngue está desafiando estudantes a convidar pessoas para contribuir com a causa e impactar cada vez mais jovens em 2023. O que muita gente não sabe é que, além de ajudar uma iniciativa social, os jovens se autodesenvolvem nessa missão e aprendem a criar planos de ação, desenvolver comunicação criativa e estratégica para atingir objetivos.

Swan Euller, ex-aluno da Soul Bilíngue

Para Swan Euller, 20 anos, aluno do primeiro semestre desse ano, por exemplo, os desafios foram importantes no desenvolvimento da oratória. “Fui desafiado a falar com pessoas que não conhecia e de forma online. Foi uma conquista pessoal. Hoje consigo ser mais tranquilo e direto”, conta o jovem.


Já Aline Da Silva Mota, 25, aluna do segundo semestre de 2021, diz se sentir mais desinibida depois de ser desafiada pela ONG a mobilizar pessoas para contribuir com a causa. “Consegui uma boa arrecadação graças a comunicação desenvolvida. Fiz as pessoas acreditarem em mim e consequentemente na Soul. Foi uma grande conquista pessoal”, diz Aline.


Segundo Cristiano Santos de Oliveira, 23, ele aprendeu a se comunicar de forma eficiente. “Agora sei como abordar as pessoas sem precisar mandar aqueles textos automáticos que poucos dão atenção. As pessoas gostam de se sentirem únicas, então fazer um textinho para cada uma delas é o ideal”, conta.

Ana Flávia Vital, ex-aluna da Soul Bilíngue

Por outro lado, para Ana Flávia Vital Andrade, 21, falar sobre o seu sonho com confiança foi um dos aprendizados. Ela foi uma das bolsistas do primeiro semestre e continua usando as técnicas que aprendeu durante o programa para realizar o intercâmbio.


“Após ganhar a bolsa continuei usando as estratégias aprendidas na Soul, pois preciso arrecadar recursos para minha viagem”, finaliza a jovem.


Programa Gamificado

A programa Soul Bilíngue é gamificado, ou seja, tudo o que o aluno faz na instituição ele ganha pontuações. Ao final do ciclo de seis meses, os jovens que mais pontuam são os que ganham as bolsas de intercâmbio para fora do país. Dentre as atividades propostas e que valem pontuação, estão as relacionadas ao desenvolvimento do inglês — como presença em aulas, provas, entregas de homeworks — além de dois desafios de engajamento, em que estudantes abraçam campanhas e mobilizam doadores para a causa. É possível participar da campanha “Por um Brasil Bilíngue” por meio do link.

50 visualizações0 comentário