top of page

Jovem fará intercâmbio após pandemia suspender viagem um dia antes do embarque

Em 2020, o fechamento das fronteiras no mundo inteiro impediu

Thainá Xavier de realizar o sonho de uma experiência internacional


Thainá Xavier comemorando anúncio como embaixadora Soul Bilíngue, em 2019; pandemia impediria embarque no ano seguinte

Faltava apenas um dia para o embarque à África do Sul quando a realidade da pandemia se impôs sobre Thainá Xavier, de 27 anos. A jovem moradora de Poá (SP) é embaixadora da Soul Bilíngue desde 2019 e teve de desfazer as malas e lidar com a frustração provocada pelo fechamento de fronteiras no mundo inteiro, em 2020. Depois de três anos, tempo muito maior do que imaginava-se quando a Covid era apenas uma dúvida pairando no ar, ela finalmente realizará o sonho do intercâmbio, na Inglaterra, no segundo semestre deste ano.


“Lembro-me que foi uma decisão difícil, mas consciente. A pandemia avançava no mundo inteiro e o primeiro caso, importado da Itália, havia sido confirmado no Brasil. Thainá estava com tudo pronto: matrícula, acomodação, passagem aérea, etc. Não rolou. Ligamos para ela e informamos que, por precaução, não a embarcaríamos mais. Duas semanas depois, esta revelou-se uma decisão acertada porque ela não conseguiria voltar ao Brasil ao final do curso, porque as fronteiras fecharam”, recorda o responsável pelas viagens na Soul Bilíngue, Will Almeida.


Já sem previsão de viagem, Thainá teve outra surpresa: a gravidez. Embora muito feliz com a chegada da filha, a jovem teve de, novamente, prorrogar o sonho até que se sentisse segura para embarcar para o exterior e deixar a filha no Brasil. Curiosamente, ela é irmã de Tatiane Xavier, aluna do projeto piloto da Soul Bilíngue que viajou para a Austrália por meio da ONG e a Associação Brasileira das Empresas Especialistas em Intercâmbio (Abraseeio), em 2019. Curiosamente, ela repete a história da irmã que também deixou a filha no Brasil por 30 dias.


“Ter uma viagem adiada é meio frustrante, imagine duas! Mas nada se compara ao amor que pude sentir ao me tornar mãe e foi esse marco em minha vida que fez com que as minhas expectativas sobre o intercâmbio mudassem completamente. Hoje, irei partir e deixar um pedacinho de mim aqui que me encoraja e me dá toda força necessária para embarcar junto com a Soul Bilíngue para a Inglaterra durante um mês que irá me abrir novas oportunidades, que fará meu inglês avançar; um mês de novas experiências, de autoconhecimento, de novas ideias e pensamentos”, diz. “Que outras mães que sonham em fazer um intercâmbio possam se inspirar em mim, que seus sonhos sejam adiados, se necessário, mas não enterrados”, encoraja.



Thainá e "Zozô"; filha é combustível a mais para a jovem realizar o sonho do intercâmbio

Destino

Thainá será a primeira embaixadora da Soul Bilíngue a conhecer estudar em Birmingham, na Inglaterra. A escola parceira da ONG que a receberá será a English Path.


81 visualizações0 comentário
bottom of page