Jovem do Piauí que ensina redação para a comunidade ganha bolsa de intercâmbio pela Soul Bilíngue

Kaillani de Anchieta criou projeto de monitorias de redação para o Enem e foi destaque na última edição do programa

A Soul Bilíngue nasce visando impulsionar jovens de baixa renda para o mundo e está repleta de talentos, como a jovem Kaillani de Anchieta, de 20 anos. Ela foi uma dos 10 contemplados com a bolsa de estudos do programa da organização. Mas além do sonho do intercâmbio, a jovem tem um projeto social que ajuda outros jovens com monitorias de redação para o Enem.


De Teresina, no Piauí, Kaillani é filha da cabeleireira, Ligia Raquel de Anchieta e Iranildo da Silva, mestre de obras. Atualmente ela cursa Engenharia Civil na Universidade Federal do Piauí. Contudo, antes de entrar na universidade, Kaillani não tinha recursos para pagar um curso preparatório para o Enem. Foi pelo sonho de entrar em uma faculdade pública que seu projeto social nasceu.


“Meus pais não tinham dinheiro para pagar um cursinho, mas durante o ensino médio fui escolhida por um professor para ser monitora de matemática. Então juntei o dinheiro da bolsa que ganhei sendo monitora e paguei um curso de redação para o Enem”, conta a jovem.


Kaillani é apaixonada pela arte de ensinar desde criança, mas foi a partir das monitorias que essa paixão ficou ainda maior. Antes mesmo de terminar o ensino médio, ela começou a ajudar os amigos da escola com reforços em redação e foi nessa época que deu início ao seu projeto “Monitoria Particular”.


Na Soul Bilíngue

Kaillani de Anchieta, jovem embaixadora da Soul Bilíngue

A história de Kaillani cruza com a Soul Bilíngue no primeiro semestre desse ano. A jovem foi aluna do programa da organização. Atualmente, além de ser uma das bolsistas, também atua como mentora voluntária. Mas tudo começou em novembro de 2021. Em sua inscrição Kaillani disse sonhar em entrar para a Soul Bilíngue para levar mais oportunidades para os jovens de seu estado.


“Quando entrei na Soul, além de todos os benefícios de ser aluna, eu queria mostrar o programa para todos. Quando terminei, indiquei para os alunos do meu projeto e eles se inscreveram. A Soul me ensinou que existe um mundo para ser explorado e quero que mais pessoas como eu conheça essa realidade”, diz Kaillani.


A jovem conta também que sua relação com sua mentora, Flavia Salatiel Gomide — colaboradora do Instituto Embraer — foi uma inspiração para também se tornar mentora na Soul Bilíngue.


“A Flávia é uma das pessoas mais incríveis que eu já conheci. Desde o início foi uma conexão maravilhosa. Como faço faculdade de engenharia civil e ela também é engenheira, além do inglês teve uma troca profissional muito grande”, conta Kaillani.


Projeto Social

O projeto “Monitoria Particular” começou em 2020, partindo de uma inciativa de Kaillani de ajudar os amigos com redação para o Enem. Ela já impactou a vida de mais 40 pessoas com aulas gratuitas mediadas por ela e com auxílio de uma professora de português. Atualmente o projeto atende 33 estudantes do Piauí e do Maranhão. Mais informações sobre a iniciativa aqui: https://www.instagram.com/monitoria_particular/.


111 visualizações1 comentário