Jovem da zona leste viaja pela primeira vez de avião com destino a Irlanda

Atualizado: 2 de mai.

Filha de empregada doméstica, Aline Martins realizará sonho do intercâmbio com a Soul Bilíngue e a Icot College, em Cork



Com passagens em mãos, acomodação reservada e o sonho de se comunicar com o mundo, Aline Martins embarca para Cork, na Irlanda, nesta sexta (29). A jovem embaixadora foi um dos destaques do programa Soul Bilíngue no primeiro semestre de 2020 e garantiu a bolsa de intercâmbio na escola parceira da ONG, a Icot College.


Realizar o sonho do intercâmbio sempre esteve nos planos de Aline Martins. Porém, assim como muitos jovens de baixa renda, ela se via distante de concretizá-lo.

“Fazer intercâmbio não é uma realidade para pessoas de onde eu venho, mas sempre foi uma vontade muito forte em mim. Eu realmente largaria tudo para conhecer o mundo e viver tudo o que há de novo. Já pensou a filha da “faxineira” fazendo intercâmbio?”, diz Aline.

Aline Martins, jovem embaixadora da Soul Bilíngue

Além de tornar o sonho real, será a primeira vez da Aline em um aeroporto e ela conta as expectativa para o embarque.


"O sentimento é de ansiedade misturado com medo, mas com expectativa de que o melhor esta por vir. Eu nunca me imaginei nesse lugar, não fazia ideia de como era os processos do aeroporto, tive que pesquisar tudo. Mas sei que irei viver a melhor experiência da minha vida, não tenho duvidas".


Aline nasceu e cresceu na Vila Urupês, em Suzano, na região metropolitana de São Paulo. Filha do Programador e Controlador de Produção, Pedro Antonio da Silva, e da Doméstica, Maria Lucia Martins, ela sempre recebeu apoio dos pais em todos os sonhos dela.


Embora tenha que deixar o curso de Técnico em Segurança na última fase – realizando o Trabalho de Conclusão de Curso – para fazer a viagem, ela conta que a maior realização de sua vida foi conseguir a bolsa de intercâmbio.


“Terminar o curso é importante para mim, pois o motivo de ter entrado foi porque meu pai sofreu um acidente de trabalho. Desde então, prometi que nunca deixaria isso acontecer com outra pessoa. Mas logo estarei de volta com matérias acumuladas e um sonho realizado!”, explica a jovem embaixadora.


Além disso, Aline fala sobre como sua vida mudou depois da Soul Bilíngue. Prestes a realizar a primeira viagem internacional, ela relembra como o programa da organização melhorou o seu medo do novo e sua timidez.

“Descobri o poder que tem a minha coragem de sair da zona de conforto e buscar o desconfortável. Confesso que doeu muito, mas eu precisava”.


Planos na Irlanda

A intercambistas da Soul Bilíngue já tem planos para a viagem, como conhecer o Fitzgerald Park, onde está localizado o Museu Público de Cork. Agora, fechando as últimas malas antes da viagem, ela lembra de todas as dificuldades que enfrentou para realizar o intercâmbio.

“Por tudo o que já passei, consigo de fato dar aquele suspiro bem profundo e dizer “chegou a hora de realizar meu sonho” e o melhor ainda é ter meus pais por perto sonhando junto comigo”, finaliza a jovem embaixadora.


190 visualizações0 comentário