Da cidade da Rainha à ‘Terra do Rei’, ex-aluna sonha acordada na Inglaterra

Eloisa Miranda, filha de professora e auxiliar de comércio, ganhou bolsa de seu mentor na ONG; “sou muito grata”

A conexão de cinco meses promovida pela Soul Bilíngue entre aluna e mentor foi o ponto chave na mudança de vida de Eloisa Miranda, 19 anos. A moradora de Santa Isabel (SP), município que leva o nome de Santa Isabel de Aragão, Rainha de Portugal, agora está vivendo o sonho do intercâmbio em Londres, cidade que o mundo ainda está se acostumando a chamar de Terra do Rei Charles III.

“A Soul Bilíngue abriu um caminho na minha vida. Eu não estaria vivendo esse sonho se não tivesse entrado para o programa”, diz a jovem. Aluna que marcou a edição de 2021 pelo comprometimento, mas não ficou entre os ganhadores do intercâmbio oferecido pela ONG, ela mal sabia que teria a trajetória recompensada por alguém que a acompanhou de perto: seu mentor — que prefere manter o anonimato.


“Eu sou muito grata. Ele é uma pessoa maravilhosa com quem aprendi muito e agradeço por me ajudar na realização desse sonho”, diz.


Expectativas

Morando no Reino Unido por quatro semanas e aproveitando para conhecer outras cidades inglesas, mas principalmente aprimorando o inglês como segunda língua, a filha do auxiliar de comércio Wellington Lacerda e da professora Elizabete Aparecida de Paula espera que a experiência internacional lhe abra portas no mercado de trabalho.

“A Soul Bilíngue mudou minha mentalidade e o intercâmbio está fortalecendo isso. Quando voltar, quero buscar oportunidades em que possa mostrar meu inglês e meus aprendizados”.


Conexão

A conexão de estudantes com seus mentores é apenas um dos diferenciais da Soul Bilíngue, que abre inscrições em 10 de novembro para as turmas de janeiro. Por mês, em encontros individuais, mais de 300 alunos e 220 mentores proficientes no inglês trocam experiências culturais e ajudam, um ao outro, a melhorar no idioma.


O programa Soul Bilíngue também inclui aulas online, acompanhamento psicológico e muitos desafios voltados ao desenvolvimento de criatividade, senso crítico e de resolução de problemas por parte dos estudantes.


Empresas podem colaborar com a ONG por meio do voluntariado corporativo, modalidade em que seus colaboradores tornam-se mentores de alunos. Participam da Soul Bilíngue os jovens de 18 a 26 anos que estudaram o ensino médio na escola pública e têm renda per capita de até dois salários-mínimos.


Sobre

A Soul Bilíngue é uma organização social sem fins lucrativos que democratiza o acesso à educação internacional. Fundada em 2018, já impactou mais de 2 mil pessoas e distribuiu 65 bolsas de estudo em países da América do Norte, Europa e Oceania.


93 visualizações0 comentário